A influência do Desenvolvimento de software na nossa vida

by Luiz Paulo | abril 24, 2009 | 6 Comments »

Há muito tempo percebo o quanto minha vida é influenciada pelo desenvolvimento de software (engraçado não?). Não sei se com você também é assim, mas muitas das coisas aplicadas ao trabalho automaticamente ou opcionalmente são aplicadas a minha vida, pois são "práticas" que fazem diferença.

Essas práticas me fazem simplificar ou abstrair coisas que para meros mortais (rsrs) seria quase impossível. Mudar a forma de pensar ou de enxergar as coisas muitas vezes pode ser vantajoso.

KISS (Keep it Simple Stupid)
Uma das filosofias que mais influencia a minha vida é a KISS (Keep it Simple Stupid), todo o desenvolvedor conhece (ou deveria conhecer) esse termo. Sempre dá para melhorar, simplificar ou reduzir alguma coisa (tanto falando de código quanto da vida). Isso é fato!

Você pode olhar quantas vezes quiser para um código que sempre vai achar coisas a melhorar.

E por que não podemos aplicar a nossas vidas?
Complicamos tanto as coisas que somos capazes de achar tempestades em copo d'água.
Vejo tanta gente com problemas pequenos/simples/insignificantes (não querendo menosprezar... Cada um sabe o tamanho da sua cruz), que são transformados em grandes tempestades.

Se pensarmos simples e tentarmos resolver da melhor forma possível, não sofreríamos com a metade dos problemas que temos.

Abstração
Fico impressionado com a capacidade que tenho de abstrair as coisas.
Porra, o problema do trabalho fica no trabalho, o de casa tem que ficar em casa, o do relacionamento no relacionamento e por aí vai. Sim sou humano, óbvio que chegamos chateados etc etc, mas não podemos deixar que um influencie o outro.

Não podemos descontar em A uma coisa q estamos sofrendo com B. Não podemos chegar ao trabalho e ficar resmungando com os chefes ou clientes que o papagaio não deu bom dia hoje.

Scrum
Apesar de nunca ter trabalhado com essa metodologia, eu li bastante a respeito (indico a leitura do livro: Scrum e XP direto das Trincheiras).

Resolva uma coisa de cada vez! Problemas todos nós temos (desde os pequenos até os mais cabeludos), mas não importa. RESOLVA 1 DE CADA VEZ!
Tudo o que tem um FOCO maior se torna mais produtivo, logo, é resolvido muito mais rápido.

Enfim...
Claro que existem pessoas e pessoas, cada um pensa/age/vive de uma forma. Mas se simplificamos nossos pensamentos, abstraímos as coisas e resolvemos os problemas nas horas certas, tudo fica bem mais fácil.

Boas práticas são boas práticas e ponto! Não precisamos pensar só em desenvolvimento, se "o bagulho é bom" vamos usar carai (rsrs).

E você também sente alguma diferença na forma de pensar?

Grande abraço a todos.

Categorias: Artigo
Tags: , , , , , , ,

Yahoo! Apresentação sobre eventos Javascript

by Luiz Paulo | abril 24, 2009 | 1 Comment »

Acabei de baixar uma ótima apresentação realizada pelo Yahoo sobre eventos javascript, fonte: quirksMode.
A apresentação contém 95 páginas falando apenas sobre eventos javascript.

Resumo da apresentação: Em todos os browsers temos más implementações quando falamos de eventos javascript. "Mó obaoba" rsrs

Se você é fanático em javascript como eu, não deixe de ler.

Categorias: Browser, Desenvolvimento web, JavaScript, Linguagens
Tags: , ,

Elementos e Atributos removidos no HTML5

by Luiz Paulo | abril 17, 2009 | 2 Comments »

Publiquei a algum tempo As novas tags do HTML5. É importante que você também saiba o que saiu.

Utilizei o W3C - (HTML 5 differences from HTML 4) como referência. Aconcelho que você também o veja, pois tem muita informação relevante nesse documento.

Elementos removidos

Elementos de apresentação que são facilmente substituidos por CSS

  • basefont
  • big
  • center
  • font
  • s
  • strike
  • tt
  • u

Elementos que afetavam a acessibilidade / usabilidade

  • frame
  • frameset
  • noframes

Elementos pouco utilizados ou podem ser tratados por outros elementos

  • acronym: Cria uma certa confusão. elemento utilizado ABBR
  • applet: Ficou obsoleto por causa do elemento OBJECT
  • isindex: Substituido pelo controle de formulários
  • dir: Ficou obsoleto por causa do elemento UL

Atributos removidos

  • accesskey nos elementos: a, area, button, input, label, legend, textarea
  • rev, charset nos elementos: link, a
  • shape, coords no elemento: a
  • longdesc nos elementos: img, iframe
  • target no elemento: link
  • nohref no elemento: area
  • profile no elemento: head
  • version no elemento: html
  • name nos elementos: img, a (Utilize ID no lugar de NAME)
  • scheme no elemento: meta
  • archive, classid, codebase, codetype, declare, standby no elemento: object
  • valuetype, type no elemento: param
  • language no elemento: script
  • summary no elemento : table
  • axis, abbr nos elementos: td, th
  • scope no elemento: td

Atributos de apresentação que são facilmente substituidos por CSS

  • align nos elementos: caption, iframe, img, input, object, legend, table, hr, div, h1, h2, h3, h4, h5, h6, p, col, colgroup, tbody, td, tfoot, th, thead, tr
  • alink, link, text, vlink no elemento: body
  • background no elemento: body
  • bgcolor nos elementos: table, tr, td, th, body
  • border nos elementos: table, img, object
  • cellpadding, cellspacing no elemento: table
  • char, charoff nos elementos: col, colgroup, tbody, td, tfoot, th, thead, tr
  • clear nos elementos: br
  • compact nos elementos: dl, menu, ol, ul
  • frame no elemento: table
  • frameborder no elemento: iframe
  • height nos elementos: td, th
  • hspace, vspace nos elementos: img, object
  • marginheight, marginwidth no elemento: iframe
  • noshade no elemento: hr
  • nowrap nos elementos: td, th
  • rules no elemento: table
  • scrolling no elemento: iframe
  • size no elemento: hr
  • type nos elementos: li, ol, ul
  • valign nos elementos: col, colgroup, tbody, td, tfoot, th, thead, tr
  • width nos elementos: hr, table, td, th, col, colgroup, pre

Outros links sobre o assunto

Categorias: Desenvolvimento web, HTML, Tecnologia, Tendências
Tags: , , , ,

Discussão sobre NNPP (Net Negative Producing Programmer)

by Luiz Paulo | abril 3, 2009 | 2 Comments »

Está rolando uma ótima discussão sobre um artigo bem polêmico do Akita, que fala de algumas "regras"/"técnicas" que podem ser adotadas por empresas para demissão de maus programadores.

Leia os posts:

Abaixo estão meus comentários sobre o assunto. Antes de ler minhas opiniões, você precisa ler os 2 artigos para entender o contexto. hehe :)

O comentário abaixo foi postado aqui!

Ao Cacilhas,
Concordo com sua posição, qualquer tipo de pressão pode sim transformar os bons em ruins bem facilmente, ainda mais quando o cara não está acostumado com esse tipo de coisa.

Ao Akita,
Não acho culpa sua (diretamente falando), em relação aos incidentes comentados aqui, mas como você é uma pessoa muito influente no mundo Rails (e cia), você pode e deve ter cuidado com o que escreve, nossos textos podem influenciar negativamente indivíduos sem métodos ou sem opinião própria.
Acho que tudo o que foi comentado por você acontece naturalmente (nem sempre, hehe). A peça ruim é descartada (Fato!). Mas a forma com que foi falado pode ter sido mal interpretada.
Não concordo sobre a questão do empenho (tempo), pois bons programadores devem conseguir organizar o seu tempo. Concordo sim que o trabalho não termina no horário, pois tem todo o investimento com estudos, aperfeiçoamento e tal. Mas hora extra a não ser que necessária é burrice!

Sobre o ocorrido,
Não estou aqui para comprovar que isso aconteceu ou não, mas acredito sim ter acontecido! Conheço pessoas/empresas que fariam isso ou até pior. Infelizmente, sabemos que existem "profissionais" (?) que aproveitam coisas do tipo para se beneficiar. Fato!

Agora... Pensando friamente, até concordo com esse método... Porra, a empresa paga bem a um mal programador (salário compatível com o mercado ou maior)!? Tem que mandar embora mesmo! Afinal, existem profissionais muito melhores no mercado com um salário compatível. Obs.: Esse cara estar trabalhando lá pode também ser culpa da empresa. Que não soube selecionar da forma correta. Isso também tem que ser levado em consideração.

Agora, o Akita se esqueceu de por um limitador nessa "regra", hehehe. E as empresas que não querem assumir os valores compatíveis com o mercado? Também se aplicam a essa "regra"? Se me falar que sim eu porro um (rsrs). Definitivamente não... Porque essas empresas contratarão maus/péssimos profissionais (porque os bons querem pelo menos um salário compatível ), e claro que pessoas inexperientes também (no caso de estagiários). Se essas empresas forem aplicar essa regra a esses aprendizes é PUTARIA! Todos têm o direito de crescer, de aprender e etc.

Ahhh, eu sei a diferença entre um pintor de parede e o Da Vinci... O pintor de parede ganha pouco o Da Vinci ganhava pacas... (brincadeira).

Bom, acho que escrevi demais, rsrs. Fica aí o meu ponto de vista.
Grande abraço a todos.

Categorias: Artigo
Tags: , , , , ,


 

Valid XHTML 1.0 Strict Valid CSS!

Luiz Paulo | tecnologia web